Insónia

São variados os fatores que podem estar na origem do distúrbio do sono, cada vez mais frequente nos adultos e nas crianças. Fatores extrínsecos, ruídos, luz intensa e desconforto. Fatores intrínsecos, desencadeados por rutura interna associada ao sono, como a apneia obstrutiva, movimentos periódicos das extremidades, narcolepsia, alteração do ritmo cardíaco e outros.

A insónia pode apresentar-se como um problema transitório, desencadeado por situações passageiras ou crónicas.

Estudos têm mostrado que horas insuficientes de sono podem causar diminuição drástica da capacidade do indivíduo para desempenhar as tarefas mais simples. Causa irritabilidade, falta de concentração, inércia e indiferença, o indivíduo está menos alerta e menos atento.

Dormir é essencial para o bem-estar físico e emocional do indivíduo. Está também associado aos processos de restauração do sistema imunitário, e dormir mal pode contribuir para um agravamento de um estado patológico.

A homeopatia é uma ajuda preciosa para vencer a insónia.

São vantagens do seu uso:

  • Poder ser administrada a qualquer pessoa – adultos, crianças e idosos;
  •  Funcionar como um bom coadjuvante da medicina alopática- pode ser tomada conjuntamente com os fármacos convencionais;
  • A fácil administração e boa recetividade do sistema digestivo;
  • A aquisição de manipulados homeopáticos ser na generalidade muito económica.

Para sua curiosidade, damos a conhecer alguns remédios homeopáticos para a cura da insónia. Aconselhamos a que não tome a medicação homeopática, sem ter uma prévia consulta da especialidade. A Homeopatia não trata só o sintoma, trata o indivíduo no seu todo e o Profissional de Saúde tem um papel fundamental nesse processo.

ARGENTIUM NITRICUM – Insónia por ansiedade (antecipação dos acontecimentos).

ARSENICUM ALBUM – Insónia depois da meia-noite (1h às 3h), horário de agravamento. Ansiedade, agitação, medo de morrer e desejo de companhia.

CHAMOMILA – Pessoa sonolenta, que não consegue dormir. Insónia por dor à qual é hipersensível ou dor do bebé por erupção dentária.

COFFEA CRUDA – Insónia antes ou após a meia-noite; insónia ligada à excitabilidade mental com afluxo de pensamentos. Hipersensibilidade sensorial e sensitiva (audição, olfato, paladar). Insónia por surpresas agradáveis ou aguardando acontecimentos agradáveis.

IGNATIA – Insónia depois de mágoas, contrariedades e penas. Insónia com tristeza e choros. Paradoxalmente consegue dormir no meio do barulho.

NUX VOMICA – Insónia depois da meia-noite com excesso de pensamentos. Insónia por abuso de álcool, excessos alimentar ou esforços mentais. Acorda às 3 horas e não adormece mais até de manhã quando tem de se levantar. Durante o dia apresenta irritabilidade e cólera; sente sonolência após o almoço, chegando a dormir sentado. Um sono breve (meia hora) depois do almoço é-lhe muito útil.

LACHESIS – Insónia da menopausa. Insónia por ter sido acordada. Encontra-se sempre pior depois de ter dormido.

PULSATILA – Insónia antes da meia-noite até às 2 h. Insónia apesar da sonolência. Insónia por grande afluência de pensamentos

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *